Skip to main content
Gary Hill. Derrame Linguístico na Sala das Caldeiras
Gary Hill, Derrame Linguístico na Sala das Caldeiras
Gary Hill, Derrame Linguístico na Sala das Caldeiras

Gary Hill apresentou no MAAT um trabalho concebido especificamente para a Sala das Caldeiras, um dos mais emblemáticos espaços da Central Tejo. Pioneiro da exploração do potencial artístico das novas tecnologias, nesta obra, Gary Hill (n. 1951) retoma a investigação que iniciou no final dos anos 1970 com a peça Electronic Linguistics (1977), que deu origem a uma série de trabalhos que têm como ponto de partida a relação entre som, linguagem e imagem eletrónica.

Pela primeira vez nesta tipologia de trabalhos do artista, as imagens libertam-se dos limites físicos dos monitores e expandem-se pelo espaço em múltiplas sequências de desenhos abstratos, que surgem como presenças espectrais e fantasmagóricas, remetendo para um misterioso mundo pré-industrial e pós-apocalíptico. O diálogo com o espaço museológico proporcionou ao visitante uma experiência sensorial única, em particular no “Percurso Secreto” da Central Tejo, que durante o período da exposição esteve disponível todos os fins de semana.

 

MAAT Central
MAAT Central
Indicates required field
Escolha o seu idioma
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Declaro que tomei conhecimento da política de privacidade e concordo que os meus dados pessoais sejam recolhidos pela Fundação EDP e tratados para cada uma das finalidades que assinalei.