Room

Central 1

Datas Anteriores

08 Nov 2017 - 19 Mar 2018
Curadoria
OMAR KHOLEIF, EMILY BUTLER COM SEAMUS MCCORMACK
EXPOSIÇÃO APRESENTADA ORIGINALMENTE NA WHITECHAPEL GALLERY, LONDRES, 2016
Exposições
ELECTRONIC SUPERHIGHWAY (1966-2016)
RAFAEL LOZANO-HEMMER, SURFACE TENSION, 1992
 

O MAAT traz a Portugal a exposição Electronic Superhighway produzida pela Galeria Whitechapel, Londres, em 2016. Electronic Superhighway reúne mais de cem peças que mostram o impacto das novas tecnologias e da Internet nos artistas de meados da década
de 1960 até ao presente.

Apresenta obras multimédia novas e raramente vistas, juntamente com filmes, pintura, escultura, fotografia e desenho de mais de 70 artistas, incluindo Cory Arcangel, Judith Barry, James Bridle, Constant Dullaart, Lynn Hershman Leeson, Vera Molnar, Nam June Paik, Thomas Ruff,
Hito Steyerl, Amalia Ulman, entre outros.

O título da exposição, Electronic Superhighway, tem origem num termo inventado em 1974 pelo artista sul-coreano pioneiro da videoarte, Nam June Paik, que percebeu o potencial das ligações globais através da tecnologia. Ordenada por ordem cronológica invertida, Electronic Superhighway começa com obras criadas na passagem do milénio, e termina com Experiências em Arte e Tecnologia (E.A.T.), um evento marcante de 1966. Abarcando um período de 50 anos, de 2016 a 1966, vão surgindo momentos-chave na história da arte e da Internet à medida que a exposição viaja em direção ao passado.

 

ARTISTAS PARTICIPANTES 
Zach Blas, Vuk Ćosić, Douglas Coupland, Joana Hadjithomas and Khalil Joreige, Camille Henrot, Gary Hill, Ann Hirsch, JODI, Allan Kaprow, Oliver Laric, Rafael Lozano-Hemmer, Eva and Franco Mattes, Manfred Mohr, Lillian F. Schwartz, Richard Serra/ Nancy Holt, Taryn Simon, Stan VanDerBeek, Steina and Woody Vasulka, entre outros.

 

Com o apoio:

logos